Tecnologia

Entenda como funcionam os sensores de presença

Anúncios
sensores de presença
Quer entender um pouco mais sobre o sistema de segurança por sensores de presença?  saiba mais lendo esse artigo:

Um dos protagonistas dos sistemas de segurança e automação residencial são os famosos sensores de presença.

Esses dispositivos são capazes de detectar presenças ou movimentações no ambiente em que estão instalados.

Por exemplo: você se aproxima de um corredor escuro e as luzes se acendem automaticamente, quando o calor do seu corpo é detectado.

Eles também detectam invasões e acionam os alarmes do sistema de segurança, para te alertar sobre a presença indesejada.

Dessa forma, você pode acionar a polícia e reportar o caso, se necessário. Entenda bem como esses sensores funcionam para segurança residencial e como fazer para instalá-los:

Como funcionam os sensores de presença?

São três tipos diferentes de sensores, que funcionam de maneiras diferentes:

  • Sensores infravermelhos: Detectam a presença de alguém a partir de luzes invisíveis emitidas em um ambiente.

Essas luzes detectam o calor que a pessoa emana, ao entrar naquele cômodo ou na zona protegida.

  • Sensores com micro-ondas: Esse sistema funciona com a emissão de ondas pelo ambiente que deve ser protegido.

O alarme é acionado sempre que há uma interrupção nesse padrão de emissões

  • Sensores acústicos: Esses detectam ondas de som imperceptíveis para os ouvidos humanos, nos horários em que estão ligados.

Portanto, irão reportar com um sinal sempre que houver um barulho estranho na protegida pelo sistema.

Como instalar esses sistemas em casa?

Para instalar os sensores de presença, você precisa contratar uma empresa de segurança com profissionais especializados nesses serviços.

Essa empresa irá fazer uma vistoria na sua casa, selecionar os pontos onde o sistema pode ser instalado e apresentar o orçamento final.

É importante que os sensores sejam colocados nos lugares certos da casa, para evitar alarmes falsos e, ao mesmo tempo, garantir sua segurança.

Você pode programa-los para se auto ativarem e auto desativarem automaticamente, após um período de tempo.

Conclusão:

Investir na segurança da sua casa não é um exagero desnecessário, levando em conta as altas taxas de criminalidade que nos cerca.

É importante se proteger de possíveis invasores indesejados e garantir que você seja alertado, caso eles apareçam.

Poderá, assim, acionar a polícia e se proteger de qualquer ameaça que aquele invasor possa oferecer para você e para sua família.

A triste verdade é que, nos dias de hoje, muitas vezes não estamos seguros nem debaixo do nosso próprio teto.

Esses sensores de presença são apenas um entre tantos dispositivos de segurança que acabaram por se tornar necessários.

Use as setas ← → (arrow) para avançar

Anúncios
Anúncios